De Salto Alto

Confira a programação da Semana Fashion Revolution, que está mobilizando Porto Alegre

Formada em Relações Públicas, Juju Massena é comunicadora da Rede Atlântida, editora do ATL Girls e colunista na Revista Donna. Com conteúdo focado em moda e comportamento feminino, ela reforça sua presença como influencer fazendo um trabalho multimídia nos veículos do Grupo RBS: está presente diariamente no ar na Atlântida, nas redes sociais através de lives e branded content e com presença em eventos desse universo.

Uma ação mundial está ajudando a transformar a forma como a moda é pensada e produzida. O movimento Fashion Revolution chega ao seu quinto ano e prepara uma série de atividades em uma mobilização que reúne mais de 90 países e 2,5 milhões de pessoas em todo planeta. Porto Alegre está inserida nesse contexto com uma programação que começou na terça, 24 de abril, e vai até o próximo dia 27, com diversos eventos gratuitos para levar o propósito de promover uma moda mais sustentável, com trabalho justo e sem prejudicar o ambiente, para todas as pessoas.

A abertura oficial da Semana Fashion Revolution desse ano em Porto Alegre aconteceu no início da noite de terça-feira, no Multipalco do Teatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/n, no Centro Histórico) e contou com a participação de Fernanda Simon, coordenadora do movimento no Brasil.

O marco do Fashion Revolution ocorreu no dia 24 de abril de 2013, com uma tragédia causada pelo desabamento do edifício Rana Plaza, em Bangladesh, que abrigava diversas confecções. Mais de mil trabalhadores morreram e mais de 2500 ficaram gravemente feridos. O desastre fez com que a população mundial olhasse com mais atenção à cadeia de produção da moda e às pessoas por trás das roupas que vestimos. Foi nesse contexto que o Fashion Revolution nasceu, questionando e discutindo os impactos da indústria na vida das pessoas e lutando por uma transformação no mercado da moda.

Para marcar essa trajetória, a campanha de 2018 traz o tema: Cinco anos após Rana Plaza. Fernanda Simon, coordenadora do movimento no Brasil explica:

“Na Semana Fashion Revolution, convidamos a todos para refletirem sobre a procedência de nossas roupas, questionar e exigir transparência. Não podemos mais aceitar que os direitos dos trabalhadores sejam negados, precisamos olhar para o que é prioridade: quem está por trás.”

A cada ano, a capital gaúcha vem ganhando força no movimento e na conscientização. Em 2017, a cidade se destacou com 40% das citações com hashtag #fashionrevolution nas redes sociais do país, mostrando muita mobilização.

“Porto Alegre surpreende como uma das mais ativas do movimento Fashion Revolution no Brasil. Esse engajamento vai ao encontro do crescimento do mercado de moda consciente no Estado Rio Grande do Sul e no município. São designers, produtores, estudantes, professores e consumidores querendo ver a mudança na prática e mais transparência na indústria da moda”, destaca Livia Duda, coordenadora do Fashion Revolution em Porto Alegre.

Confira a programação dois dois últimos dias da Semana Fashion Revolution Porto Alegre abaixo e no Facebook:

 

26 de abril

 

#Espaço Rede – Mostra Ecossistema Criativo da Moda Sustentável

Unisinos Porto Alegre – 8º andar do prédio da Nilo Peçanha (nº 1600)

Horário: 15h às 17h

Convidados confirmados: Herself, Envido; Coletivo 828; Vila Flores: Yugen, MeaCurva, Colibrii; Madame Iodo; Rêver; Coletivo 30º Sul; Casa MODAUT; Coletivo Viés: Apoena e Ipadma; Sesc – Envolva-se.
Aberto ao público.

#Moda & Colaboração

Talk com diferentes representantes do Sistema da Moda sobre Colaboração
Unisinos Porto Alegre – 8º andar do prédio da Nilo Peçanha (nº 1600)

Horário: 17h às 19h
Convidados confirmados: Vinicios Meneguzzi Malfatti, Instituto Lojas Renner; Eduardo Danilo Schmitz, Envolva-se; Raíssa Assmann Kist, Herself; Camilla Matos, Coletivo 828; Rubens Magalhães Gonzales, Di Selen.

Inscrições aqui.

#Customize no Donna Beauty Pompéia

Unisinos Porto Alegre – Donna Beauty Pompéia com Céu Handmade

Av. Nilo Peçanha, 1500 – Loja 13B

Horário: 19h às 21h

27 de abril

#Moda & Empreendedorismo

Senac – Auditório 9º andar – Rua Cel. Genuíno, 130 – Centro Histórico
Painel 1: Empreendedorismo Sustentável: Geração de valor com responsabilidade social e ambiental
Horário: 9h às 10h30
Mediador: Mauro Belo – editor do caderno Geração E – Jornal do Comércio
Convidados: Marcia Garbin (Mole Bags) e Rodrigo Kronbauer da Casa MODAUT (a confirmar).
Evento aberto ao público. A capacidade do local é 250 pessoas.

Painel 2: Da fibra à roupa: a importância dos participantes da cadeira da moda
Horário: 10h30 às 12h
Convidados: Miriam Pocebon, da Justa Trama; Tatiana Stein, da Brisa Slow Fashion, e Maiara Bonfanti, da Apoena Bolsas

Encerramento Semana Fashion Revolution Porto Alegre

COMENTÁRIOS

Ao enviar seu comentário você automaticamente concede AUTORIZAÇÃO para utilizar, reproduzir e publicar sua imagem e comentário, incluindo o conteúdo das suas declarações e opiniões, através de qualquer meio ou formato, em veículos de comunicação integrantes do GRUPO RBS.

Confira as melhores raças de cães para o convívio com crianças

Nos últimos dias resolvemos buscar um cachorrinho para fazer parte da família. Relutamos um pouco para atender esse pedido do Theo, mas acho que agora é a hora. Mas e aí, qual raça escolher?

Tudo vai depender muito do seu objetivo e do temperamento e rotina da família. Quer para companhia? Quer para ajudar a cuidar da casa? O veterinário Gustavo Vicente, da Clínica Mundo à Parte, listou as melhores raças para conviver com as crianças.

1. Vira lata

Essa é a “raça” de cachorro que o veterinário mais indica. É possível encontrar um SRD (sem raça definida) adulto ou idoso cheio de amor para dar para uma família. São dóceis, adaptáveis a qualquer tipo de casa e adoram uma brincadeira e, acima de tudo, muito amor.

2. Golden Retriever

Muito inteligente, de porte grande, pelo longo e bom temperamento, é uma raça perfeita para quem tem filhos que gostam de brincar, correr bastante pela casa e têm muita energia para gastar com um cão bastante ativo.

3. Labrador Retriever

Muito parecido com o Golden Retriever quanto ao temperamento e ao gosto por brincadeiras. Difere pela pelagem curta, embora apresente maior queda de pelos. É um excelente companheiro para toda a família.

4. Dachshund

Sempre em busca de uma nova aventura, são excelentes para brincar com a família toda. Não é recomendado para crianças de muito pouca idade: como têm predisposição a hérnia de disco, é melhor evitar o risco de que a criança caia sobre ele durante uma brincadeira. É uma raça bastante temperamental e muito divertida.

É importante lembrar que, para ter um cachorro em ambiente com crianças, é preciso ter a noção de que o pet precisa de cuidados especiais que apenas adultos podem proporcionar, como levar no veterinário, dar banho, comprar ração de boa qualidade, limpar fezes e urina. Mas é muito importante dividir algumas tarefas com as crianças desde cedo para que elas aprendam mais sobre responsabilidades e cuidados desde a infância.

Outra questão a considerar é sua casa. “Tenho escadas em casa? Tem pátio com um piso antiderrapante para ele brincar? Moro em apartamento pequeno e o piso é escorregadio?”. Todos esses fatores influenciam bastante na hora de escolher o cachorro ideal.

COMENTÁRIOS

Ao enviar seu comentário você automaticamente concede AUTORIZAÇÃO para utilizar, reproduzir e publicar sua imagem e comentário, incluindo o conteúdo das suas declarações e opiniões, através de qualquer meio ou formato, em veículos de comunicação integrantes do GRUPO RBS.