De Salto Alto

Dicas de perfis maternos para você seguir no Instagram

Nasce uma mãe, nascem mil dúvidas e toda informação ainda é pouca para tantas novidades nesse mundo materno.

Pensando nisso, separei alguns perfis do Instagram para você seguir:

1. Alimentação

@lancheira_divertida

Sáskia, mãe da Sarah e do Miguel da dicas sobre alimentação infantil prática e saudável e ainda ensina uns truques para uma lancheira bem animada.

@asdeliciasdoduduedaannie 

Para as mamães que buscam receitas práticas e saudáveis para variar a alimentação das crianças. Nesse perfil, a chef Tais Ventura divide receitas, dicas de maternidade e dia a dia de uma mãe de dois (Dudu, de 5 anos e Annie de 6 meses).

2. Atividades

A post shared by Tempojunto (@tempojunto) on

@tempojunto

Com publicações da Patrícia Marinho, mãe da Carol (10 an0s) e da Gabi (2 anos), o perfil traz atividades feitas por uma mãe que acredita na importância de brincar para desenvolver e criar vínculos com as filhas.

3. Agenda

@diverdica.com.br

Dicas do Eduardo, pai da Sofia, para ajudar famílias a se divertirem.

@aspasseadeiras

A escritora Cláudia Bins divide em seu perfl dicas de passeios, programas culturais e viagens com a família. Todo o conteúdo é baseado em suas experiências pessoais ao lado das filhas Manoela e Juju.

4. Moda

@blogfalamaricota

O perfil traz o dia a dia de Maria Clara, de 4 anos, com dicas de moda, tendências e muito estilo.

@laura_reginato

A menina Curitibana de 6 anos esbanja fashionismo em um Instagram cheio de looks e tendências de moda.

5. Saúde bucal


@drajulianamarchi 

A odontopediatra Juliana de Marchi publica, de forma divertida, informações úteis sobre os cuidados com os dentes das crianças.

6. Gestação gemelar

A post shared by Gemeos Metwo (@gemeosmetwo) on

@GemeosMetwo

Espaço para falar do universo de gêmeos e múltiplos no Brasil.

7. Dicas maternas

A post shared by Débora Nunes (@amaecoruja) on

@amaecoruja

No perfil, a Débora Nunes divide sua rotina com os três filhos – Clara, Caio e baby Olívia, com muito bom humor, dicas interessantes e muita interação com as leitoras.

@mamaedosul

A mamãe Sarah divide dicas valiosas de mãe de uma menina de 3 anos, a pequena Helena. Dicas de moda, atividades, passeios, produtos e serviços.

E claro, segue lá o nosso cantinho, no @maezinhavaicomasoutras. Eu e o pequeno Theo te esperamos com muita dica, dia a dia e perrengues da maternidade real.

COMENTÁRIOS

Ao enviar seu comentário você automaticamente concede AUTORIZAÇÃO para utilizar, reproduzir e publicar sua imagem e comentário, incluindo o conteúdo das suas declarações e opiniões, através de qualquer meio ou formato, em veículos de comunicação integrantes do GRUPO RBS.

Confira as melhores raças de cães para o convívio com crianças

Nos últimos dias resolvemos buscar um cachorrinho para fazer parte da família. Relutamos um pouco para atender esse pedido do Theo, mas acho que agora é a hora. Mas e aí, qual raça escolher?

Tudo vai depender muito do seu objetivo e do temperamento e rotina da família. Quer para companhia? Quer para ajudar a cuidar da casa? O veterinário Gustavo Vicente, da Clínica Mundo à Parte, listou as melhores raças para conviver com as crianças.

1. Vira lata

Essa é a “raça” de cachorro que o veterinário mais indica. É possível encontrar um SRD (sem raça definida) adulto ou idoso cheio de amor para dar para uma família. São dóceis, adaptáveis a qualquer tipo de casa e adoram uma brincadeira e, acima de tudo, muito amor.

2. Golden Retriever

Muito inteligente, de porte grande, pelo longo e bom temperamento, é uma raça perfeita para quem tem filhos que gostam de brincar, correr bastante pela casa e têm muita energia para gastar com um cão bastante ativo.

3. Labrador Retriever

Muito parecido com o Golden Retriever quanto ao temperamento e ao gosto por brincadeiras. Difere pela pelagem curta, embora apresente maior queda de pelos. É um excelente companheiro para toda a família.

4. Dachshund

Sempre em busca de uma nova aventura, são excelentes para brincar com a família toda. Não é recomendado para crianças de muito pouca idade: como têm predisposição a hérnia de disco, é melhor evitar o risco de que a criança caia sobre ele durante uma brincadeira. É uma raça bastante temperamental e muito divertida.

É importante lembrar que, para ter um cachorro em ambiente com crianças, é preciso ter a noção de que o pet precisa de cuidados especiais que apenas adultos podem proporcionar, como levar no veterinário, dar banho, comprar ração de boa qualidade, limpar fezes e urina. Mas é muito importante dividir algumas tarefas com as crianças desde cedo para que elas aprendam mais sobre responsabilidades e cuidados desde a infância.

Outra questão a considerar é sua casa. “Tenho escadas em casa? Tem pátio com um piso antiderrapante para ele brincar? Moro em apartamento pequeno e o piso é escorregadio?”. Todos esses fatores influenciam bastante na hora de escolher o cachorro ideal.

COMENTÁRIOS

Ao enviar seu comentário você automaticamente concede AUTORIZAÇÃO para utilizar, reproduzir e publicar sua imagem e comentário, incluindo o conteúdo das suas declarações e opiniões, através de qualquer meio ou formato, em veículos de comunicação integrantes do GRUPO RBS.