De Salto Alto

5 filmes de comédia sobre maternidade para assistir no feriado

Na véspera do feriado, selecionei algumas dicas de filmes que mostram de uma maneira divertida as aventuras – e desaventuras – da maternidade.

Olha só:

1. O que esperar quando você está esperando (What to expect when you´re expecting)

O filme retrata a história de cinco casais que estão a espera do primeiro filho, cheios de medos e incertezas da nova realidade. Entre eles o casal Holly (Jennifer Lopez), uma fotógrafa casada com Alex (Rodrigo Santoro) e que quer muito adotar uma criança. Ele concorda com a ideia, mas a proximidade de receber o bebê faz com que tenha dúvidas se está preparado para a tarefa de ser pai.

2. Não Sei Como Ela Consegue (I Don’t Know How She Does It)

Kate (Sarah Jessica Parker) é como muitas mães: trabalha fora, cuida do marido, dos filhos e, quando sobra tempo, de si mesma. Ela corre contra o tempo para dar conta de todos os afazeres da casa e sua vida profissional. A coisa piora quando ela recebe uma promoção no trabalho e precisa passar mais dias longe de casa. Mas como ela consegue conciliar amor, trabalho e família?

3. Juntos Pelo Acaso (Life as We Know It)

Holly (Katherine Heigl) e Eric (Josh Duhamel) se conhecem em um encontro as cegas sugerido pelo casal de melhores amigos mas se odeiam de cara. A única coisa que os une é a afilhada Sophie que acaba ficando orfã após os pais sofrerem um acidente. A dupla é escolhida para tomar conta da criança e são obrigados a permanecerem juntos para cuidar dela enfrentando as dificuldades típicas de quem passa a ser pai e mãe de uma hora para outra. A partir dai começam a se entender.

4. Uma Mãe em Apuros (MotherHood)

Mãe de dois filhos, Eliza Welsh (Uma Thurman) resolve criar um blog para dividir suas angústias da maternidade. Entre as tarefas diárias de posts e da casa e da organização da festa de seis anos da filha se vê envolvida em uma briga com a melhor amiga Sheila (Minnie Driver), após publicar no blog uma de suas confissões. Para completar, ela decide se inscrever em um concurso onde precisa escrever um texto de 500 palavras sobre o que a maternidade representa para ela.

5. Perfeita é a Mãe (Bad Moms)

Aparentemente Amy (Mila Kunis) é uma mulher jovem, bonita, com um ótimo casamento, dois filhos e uma carreira de sucesso. Mas na verdade ela se sente sobrecarregada em ter que dar conta de tudo isso. Até que, um belo dia, ela decide se rebelar contra todas as suas obrigações e se une a outras mães nessa tarefa.

COMENTÁRIOS

Ao enviar seu comentário você automaticamente concede AUTORIZAÇÃO para utilizar, reproduzir e publicar sua imagem e comentário, incluindo o conteúdo das suas declarações e opiniões, através de qualquer meio ou formato, em veículos de comunicação integrantes do GRUPO RBS.

Confira as melhores raças de cães para o convívio com crianças

Nos últimos dias resolvemos buscar um cachorrinho para fazer parte da família. Relutamos um pouco para atender esse pedido do Theo, mas acho que agora é a hora. Mas e aí, qual raça escolher?

Tudo vai depender muito do seu objetivo e do temperamento e rotina da família. Quer para companhia? Quer para ajudar a cuidar da casa? O veterinário Gustavo Vicente, da Clínica Mundo à Parte, listou as melhores raças para conviver com as crianças.

1. Vira lata

Essa é a “raça” de cachorro que o veterinário mais indica. É possível encontrar um SRD (sem raça definida) adulto ou idoso cheio de amor para dar para uma família. São dóceis, adaptáveis a qualquer tipo de casa e adoram uma brincadeira e, acima de tudo, muito amor.

2. Golden Retriever

Muito inteligente, de porte grande, pelo longo e bom temperamento, é uma raça perfeita para quem tem filhos que gostam de brincar, correr bastante pela casa e têm muita energia para gastar com um cão bastante ativo.

3. Labrador Retriever

Muito parecido com o Golden Retriever quanto ao temperamento e ao gosto por brincadeiras. Difere pela pelagem curta, embora apresente maior queda de pelos. É um excelente companheiro para toda a família.

4. Dachshund

Sempre em busca de uma nova aventura, são excelentes para brincar com a família toda. Não é recomendado para crianças de muito pouca idade: como têm predisposição a hérnia de disco, é melhor evitar o risco de que a criança caia sobre ele durante uma brincadeira. É uma raça bastante temperamental e muito divertida.

É importante lembrar que, para ter um cachorro em ambiente com crianças, é preciso ter a noção de que o pet precisa de cuidados especiais que apenas adultos podem proporcionar, como levar no veterinário, dar banho, comprar ração de boa qualidade, limpar fezes e urina. Mas é muito importante dividir algumas tarefas com as crianças desde cedo para que elas aprendam mais sobre responsabilidades e cuidados desde a infância.

Outra questão a considerar é sua casa. “Tenho escadas em casa? Tem pátio com um piso antiderrapante para ele brincar? Moro em apartamento pequeno e o piso é escorregadio?”. Todos esses fatores influenciam bastante na hora de escolher o cachorro ideal.

COMENTÁRIOS

Ao enviar seu comentário você automaticamente concede AUTORIZAÇÃO para utilizar, reproduzir e publicar sua imagem e comentário, incluindo o conteúdo das suas declarações e opiniões, através de qualquer meio ou formato, em veículos de comunicação integrantes do GRUPO RBS.